Pular para o conteúdo

Coronavírus: SP aumenta número de laboratórios credenciados pelo Instituto Adolfo Lutz para agilizar testes

 

corona

São Paulo é o estado brasileiro com o maior número de casos de Covid-19, registrando mais de 13 mil pessoas infectadas pelo coronavírus e mil mortes confirmadas. Estes dados, porém, podem ser ainda maiores dada a fila de testes à espera de um diagnóstico – fila que somente agora começa a diminuir, após a chegada de 725 mil kits vindos da Coreia do Sul e da ampliação do número de laboratório habilitados para a realização de exames no estado. Todos os 38 laboratórios que estão atuando desde a última sexta-feira (17) foram credenciados pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL).

Outra medida anunciada pela Secretaria de Saúde é a contratação emergencial de funcionários para trabalharem no IAL, que passou a funcionar 24 horas por dia. O objetivo do governador João Doria com as contratações e o aumento do número de laboratórios é aumentrar a capacidade de processamento para 8 mil testes diários até o dia 18 de maio.

Até o momento, mais de 60% dos pacientes internados com sintomas de coronavírus em São Paulo não têm diagnósticos confirmados de Covid-19 e a fila de espera chegou a ser de 20 mil testes até o início da semana passada.

Além de contar com os laboratórios credenciados pelo Instituto Adolfo Lutz, a Plataforma para Diagnóstico de Coronavírus em São Paulo passa a ser coordenada pelo Instituto Butantan. “A pandemia serviu para mostrar ao governo e à população a real importância dos nossos institutos de pesquisa, principalmente os da área da saúde, em momentos de crise”, diz o João Paulo Feijão Teixeira, presidente da Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo (APqC). Ele ressalta ainda a necessidade do aporte de recursos humanos e infraestrutura das instituições como forma de conter o pico da doença, previsto para maio, e para reduzir o impacto de futuras epidemias.

Confira abaixo a lista dos laboratórios cadastrados pelo Instituto Adolfo Lutz que estão realizando testes para detectar a presença do coronavírus nos pacientes sob suspeita:

Adolfo Lutz Central (capital)
Adolfo Lutz Regional Araçatuba
Adolfo Lutz Regional Bauru
Adolfo Lutz Regional Campinas
Adolfo Lutz Regional Bauru
Adolfo Lutz Regional Marília
Adolfo Lutz Regional Presidente Prudente
Adolfo Lutz Ribeirão Preto
Adolfo Lutz Rio Claro
Adolfo Lutz Santo André
Adolfo Lutz Santos
Adolfo Lutz São José do Rio Preto
Adolfo Lutz Sorocaba
Adolfo Lutz Taubaté
Hospital Universitário – HU
Divisão Laboratório Central/Hospital das Clínicas-FMUSP
HC-FMRP/ Hemocentro Ribeirão Preto
Faculdade de Odontologia de Bauru
Instituto Butantan
Instituto Emílio Ribas
Laboratório de Imunogenética e Transplante Experimental da Faculdade de Medicina-USP
Laboratório de Retrovirologia (Escola Paulista de Medicina)
Unicamp
Laboratório Municipal de Saúde Pública em DST/AIDS –Ipiranga
Laboratório do CRT-Aids – São Paulo
DB Molecular – Diagnósticos do Brasil
Departamento de Microbologia da USP
Grupo Fleury
Centro de Análises e Tipagem de Genomas LTDA
Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa – AFIP
Diagnósticos da América S/A
Hospital Albert Einstein
Fundação Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Instituto de Análises Clínicas de Santos
Laboratório de Imunologia Clínica e Biologia Molecular da Faculdade de Ciências Farmacêuticas/Unesp
Laboratório de Zoonoses e Doenças Transmitidas por Vetores Labzoo/DVZ/Covia/SMS
Inside Diagnósticos S.A
HCFMB/Hemocentro Botucatu

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: