Pular para o conteúdo

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo anuncia abertura de novos mercados para os produtores de frango

Primeiro lote de frango enviado pelo estado de São Paulo para o mercado chinês. Foto: Secretaria de Agricultura de São Paulo

Na última terça-feira (14), São Paulo enviou o primeiro contêiner de frango in natura para a China. O lote com 27 toneladas de frango é o primeiro de um contrato de 500 toneladas que sai da fábrica da Zanchetta Alimentos em Boituva, interior de São Paulo. A comercialização ocorre seis meses após a abertura do escritório do Governo do Estado em Xangai.

“A abertura de novos mercados traz eficiência e ganhos de escala para a nossa produção, podendo até fazer o preço do frango cair”, afirma o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira. Isso ocorre porque as propriedades rurais estão se ampliando para fornecer um volume maior de carne de frango para abate, e, consequentemente, os plantios de soja e milho estão sendo expandidos para melhor alimentar esses animais.

Junqueira destaca ainda que os produtos exportados para a China são adicionais à linha de produção da empresa, como é o caso do pé de frango, o que gera novos resultados de lucro e preços mais competitivos no mercado doméstico.

Desde janeiro de 2018 a China assumiu a liderança entre os principais destinos das exportações da avicultura brasileira. Ao todo, 13,3% da carne de frango exportadas pelo Brasil em 2019 foram embarcadas com destino à China. O país asiático importou 585,3 mil toneladas de carne de frango com resultado cambial de US$ 1,228 bilhão. A elevação foi de 53,74% nos embarques chineses, à medida que o país asiático lida com uma escassez de oferta de carne suína após seu rebanho ter sido reduzido pela peste suína africana.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em 2019, o valor bruto da produção do Brasil de carne de frango foi de R$ 62,8 bilhões, sendo o Estado de São Paulo responsável por R$ 7,18 bilhões deste valor. De acordo com o Instituto de Economia Agrícola, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, em 2019 a produção de frango em São Paulo foi de 1,57 milhão de toneladas, volume 17,4% superior ao obtido em 2018.

Wilson Mello, Presidente da Invest SP, destaca a importância do escritório do Governo de São Paulo em Xangai para que essa grande oportunidade de negócio fosse concretizada. “Isso se deu graças a abertura do escritório em Xangai. Através de uma atuação direta da nossa equipe local, nós interagimos com representantes do governo Chinês para que pudéssemos habilitar essa unidade industrial a exportar para a China”, afirma. Segundo Wilson Mello, agora o escritório trabalha pela habilitação de outros dois frigoríficos paulistas.

Com informações do Canal Rural

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: