Pular para o conteúdo

Professor mostra como integrar restauração florestal e produção agrícola

Uma floresta onde antes havia um canavial. Essa hoje é a paisagem nas terras da Usina São João, em Araras, no interior de São Paulo. Humberto César Carrara, diretor executivo da usina, conta como o projeto de restauração florestal, inicialmente visto com desconfiança, trouxe benefícios à produção e a toda a cidade, possibilitando inclusive o abastecimento de água quando, em 2014, o Estado sofreu com a severa seca. Em outro exemplo, uma fazenda de café em Campinas restaurou áreas já não mais produtivas. “Aumentou a água, aumentou a fauna, aumentou a flora. A fazenda ficou muito mais rica. Virou floresta”, diz Antonio Migliorini, administrador da fazenda. Nos dois casos, os mapas do MapBiomas são aplicados para acompanhar as transformações da cobertura e do uso do solo. “O instrumento para conseguir integrar conservação, restauração e produção agrícola é o MapBiomas”, diz Ricardo Ribeiro Rodrigues, professor titular do departamento de Ciências Biológicas da USP. Mais informações no vídeo abaixo.

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: