Pular para o conteúdo

Nelson Paulieri, ex-diretor do IAC, será homenageado com título de Cidadão Ilustre de Piracicaba

nelson_paulieri

O pesquisador Nelson Paulieri Sabino (foto), aposentado do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), será homenageado pela Câmara Municipal de Piracicaba (SP) com o título de Piracicabanus Praeclarus (Cidadão Ilustre), pelos relevantes serviços prestados ao município como cidadão piracicabano. A solenidade de outorga acontecerá no próximo dia 6 de setembro por iniciativa do vereador Wagner Oliveira.

Natural de Ibitiruna, distrito de Piracicaba, Nelson Paulieri Sabino nasceu em 26 de junho de 1940, na fazenda Serra Negra, onde viveu até os 7 anos com seus pais, antes de fixar residência na cidade de Piracicaba para iniciar seus estudos. Inicialmente fez o curso primário no Colégio Piracicabano e depois o ginásio e o científico no Colégio Dom Bosco.

Em 1962 ingressou na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP), onde cursou graduação superior em engenharia agrônoma durante cinco anos, com bolsa de iniciação científica concedida pelo Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPQ). Em 1966 formou-se engenheiro agrônomo. Nessa mesma universidade fez pós-graduação em nutrição mineral de plantas, obtendo o título de Doutor em Agronomia no ano de 1973.

Sabino começou a trabalhar no IAC em 1967 e ocupou os cargos de chefe da seção de tecnologia de fibras, diretor da divisão de plantas industriais, diretor do centro de grãos e fibras, diretor do serviço de divulgação técnico-científica, coordenador da pesquisa agropecuária da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e, por fim, cargo de diretor geral do IAC, eleito pelo seu corpo de pesquisadores científicos, durante o período de 1983 a 1988.

Ainda no IAC, desenvolveu por 36 anos ininterruptos atividades de investigação científica na seção de tecnologia de fibras, envolvendo a cultura do algodoeiro com ênfase para a qualidade tecnológica da fibra e do fio dessa malvácea. Participou também do grupo responsável pela criação do Centro Nacional de Algodão, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Foi ainda vice-presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo (AEASP), inspetor do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA) e presidente do Clube dos Agrônomos de Campinas.

Atualmente, Nelson é aposentado do serviço público e dedica-se principalmente às atividades agropecuárias de sua propriedade rural, a Quinta das Palmeiras, situada no Bairro de Ibitiruna. Integra os grupos dos alunos pioneiros do Colégio Salesiano Dom Bosco, a Comissão do Jubileu de Ouro da Turma dos F-66 da Esalq e a coordenação, desde 2005, das atividades do grupo dos pesquisadores científicos aposentados do Instituto Agronômico de Campinas, composto por 140 colegas.

Com informações da assessoria da Câmara Municipal de Piracicaba

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: