Pular para o conteúdo

Pesquisadores discutem estratégias para cenário pós-privatização de área do Jardim Botânico

Foi realizada ontem, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), mais uma Audiência Pública em defesa do Zoológico e do Jardim Botânico de São Paulo. Dessa vez o objetivo foi discutir saídas jurídicas e políticas para evitar que o PL 183/2019, que autoriza a privatização dessas instituições, seja sancionado pelo governador João Doria.

A mesa, coordenada pelo deputado Carlos Giannazi, contou com a presença de representantes da Associação dos Moradores e Amigos da Água Funda (AMAAF), da Escola de Botânica e da Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo (APqC), entre outros.

Como encaminhamento, decidiu-se que o deputado Giannazi fará um pedido ao Ministério Público (MP) para que o órgão entre com representação de Ação Administrativa de Inconstitucionalidade (Adin) contra o governo do Estado, para tentar evitar que a lei entre em vigor.

Além disso, um grupo será formado para discutir e organizar ações que visam pressionar o governo a recuar em seu intento de conceder as referidas áreas para a iniciativa privada, o que, segundo especialistas, poderia colocar em risco as pesquisas desenvolvidas naqueles locais.

A APqC, representada por sua diretoria, declarou que, caso a lei entre em vigor, espera participar de perto do processo de construção do edital e da licitação e considera importante qualquer iniciativa em defesa dos interesses da categoria.

Clique no vídeo abaixo para acompanhar a reunião na íntegra.

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: