Herbário do Instituto de Botânica atinge a marca de 500 mil amostras em seu acervo

herbário.jpeg

A curadora Maria Cândida Mamede ao lado de Inês Cordeiro, Maria das Graças Lapa e Maria Margarida da Rocha, ex-curadoras do Herbário.

O Herbário “Maria Eneyda P. K. Fidalgo”, do Instituto de Botânica de São Paulo, alcançou recentemente a marca de 500 mil exsicatas (amostras de plantas prensadas, secas e fixadas em cartolina, com informações sobre a espécie e o local de coleta) e se tornou oficialmente o maior herbário do estado de São Paulo e um dos maiores do Brasil.
“É uma marca muito importante, pois temos poucos herbários expressivos no país e nós somos um deles”, diz Maria Cândida Henrique Mamede, que desde 1987 responde como a curadora do Herbário. Ela ressalta ainda que a relevância do acervo não está centrada apenas na quantidade de espécies catalogadas, mas em sua diversidade: “Não temos apenas flores e plantas, como a maioria das coleções disponíveis, mas também algas, briófitas e fungos”, explica.
O acervo, segundo a curadora, está em permanente evolução graças às coletas promovidas por pesquisadores em todo o território nacional e também às doações. Embora esteja acessível apenas a pesquisadores, estudantes e professores que estejam trabalhando com o tema, parte do material pode ser acessado pela internet: o acervo informatizado dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT), Herbário Virtual das Plantas e Fungos, disponibiliza cerca de 40 mil imagens da coleção, sendo que 4 mil referentes a materiais importantes para a pesquisa taxonômica, além de integrar informações de acervos dos herbários do Brasil.
O INCT Herbário Virtual das Plantas e Fungos iniciou seus trabalhos com 25 herbários associados e hoje engloba mais de 100 herbários nacionais associados, mais de 20 herbários estrangeiros, uma palinoteca, fototecas e bases de dados taxonômicas. “Ele possui pelo menos um herbário associado em cada Estado da União, o que demonstra o seu escopo geográfico nacional”, diz a curadora.
As 500 mil exsicatas mantidas pelo Herbário são utilizadas para fins de estudo botânico e sua equipe desenvolve estudos florísticos, taxonômicos e ecológicos, além de prestar serviços de identificação ao público em geral, especialmente para graduandos, pós-graduandos e estagiários de nível médio e superior.

Saiba mais acessando o Herbário Virtual:
http://inct.florabrasil.net/

Um comentário sobre “Herbário do Instituto de Botânica atinge a marca de 500 mil amostras em seu acervo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s