Pesquisadores científicos do Estado se mobilizam por melhores condições em ato da SBPC na Paulista neste domingo (8)

No Dia Nacional da Ciência e Dia Nacional do Pesquisador, Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado (APqC) se manifesta em defesa dos Institutos e da manutenção da carreira.

foto_manifesto_butantan1

 Neste domingo (8), uma grande manifestação deve tomar a Avenida Paulista. Em comemoração ao Dia Nacional da Ciência e ao Dia Nacional do Pesquisador, a SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência) e o IMS devem reunir um grande número de pesquisadores, professores, universitários e divulgadores científicos para uma programação especial, que conta com uma caminhada em defesa da CT&I e da Educação. As atividades são gratuitas e abertas ao público.

Na ocasião, os pesquisadores científicos do Estado de São Paulo, representados pela APqC, decidiram se unir ao movimento a fim de reivindicar melhores condições de trabalho, com a abertura de novos concursos públicos para reposição de profissionais (tanto pesquisadores como de apoio) e manutenção dos Institutos de Pesquisa, que sofrem, há quase 20 anos, um grande processo de desmonte.

O dia 8 de julho é o Dia Nacional da Ciência (Lei nº 10.221, de 18 de abril de 2001) e o Dia Nacional do Pesquisador (Lei nº 11.807, de 13 de novembro de 2008). É também o dia em que foi fundada a SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, há exatos 70 anos.

Em São Paulo, as atividades começam às 10h, no Instituto Moreira Salles (IMS), na Avenida Paulista 2424, com uma intervenção comemorativa ao septuagenário da entidade, com apresentação musical Ciência e Música, de Maurício Pereira, e um flash mob do grupo Núcleo Arte Ciência no Palco. A comemoração será seguida de uma caminhada em prol da ciência e educação, que parte às 12h do IMS até o cruzamento com a Avenida Brigadeiro Luís Antônio. A atividade contará com a participação de bonecos de Olinda, representando quatro grandes cientistas: o físico Albert Einstein, o geógrafo Aziz Nacib Ab’Saber, a psiquiatra Nise da Silveira e o físico José Leite Lopes.

A expectativa é que, a exemplo da última edição da manifestação da comunidade científica, o evento reúna cerca de 1500 pessoas na capital paulista. O intuito, para além da comemoração em si, é chamar a atenção da população para a queda dramática de investimentos do governo em ciência, tecnologia, inovação e educação no Brasil. Neste momento, no Congresso Nacional e no governo, se iniciam as discussões sobre o Orçamento de 2019. É o momento exato de mobilizar toda a sociedade para impedir que mais cortes afetem negativamente esses setores estratégicos do desenvolvimento social e econômico do País.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s